ENADE



O CONCEITO ENADE DO CURSO DE ENFERMAGEM OBTIDO EM 2013 FOI 2
O CONCEITO DO CURSO- AVALIAÇÃO IN LOCO REALIZADA EM 2013 FOI 3

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) foi criado através da Lei 10.861 do dia 14 de  abril de 2004. 

O Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e tem como principal objetivo avaliar o desempenho dos estudantes com relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de graduação, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e o nível de atualização dos estudantes com relação à realidade brasileira e mundial, integrando o Sinaes, juntamente com a avaliação institucional e a avaliação dos cursos de graduação.

O exame é obrigatório para os alunos selecionados e condição indispensável para a emissão do histórico escolar. A primeira aplicação ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima com que cada área do conhecimento é avaliada é trienal.


O INEP/MEC, instituiu a Avaliação ENADE - Exame Nacional de Desempenho da Educação Superior, e  cada ciclo avaliativo, o Ministério da Educação e Cultura, divulga as regras para a   realização da referida avaliação por todos os estudantes do ensino superior, não sendo possível a não realização da mesma por parte dos alunos, ou seja, fazer a prova Enade é condição indispensável para a emissão do histórico escolar pela Faculdade.
 

Assim abaixo, segue resumidamente os efeitos e razões de se fazer com aproveitamento o ENADE:


Por que fazer com zelo e aproveitamento?
  • Porque a NOTA obtida na PROVA ENADE o acompanhará por toda a vida acadêmica, não sendo possível a substituição da nota obtida.
  • Há empresas que utilizam essa nota nos processos de recrutamento e seleção.

 
Efeitos de uma nota baixa no Enade?
  • Não participação de programas de financiamento estudantil – PROUNI, FIES, etc.
  • Possibilidade de não receber diploma superior, pelo possível descredenciamento institucional.

ENADE 2016- PROJETO ENADE ENFERMAGEM UNIPAC
clique abaixo para acompanhamento do projeto


OPERACIONALIZAÇÃO DO ENADE 2016

A realização do Enade envolve um complexo conjunto de atividades e
responsabilidades cuja operacionalização cabe ao Inep, às instituições de educação superior
(IES) por meio de seus Procuradores Educacionais Institucionais (PI) e Coordenadores de
Cursos e aos estudantes habilitados ao exame.
As principais etapas de operacionalização do Enade 2016, cujos prazos estão postos
no item anterior, serão descritas em detalhe a seguir e segundo a ordem cronológica da sua
realização.
1) Definição das áreas de abrangência
A Portaria Normativa nº 05/2016 determina que sejam avaliados pelo Enade 2016 os
estudantes dos cursos:
I – que conferem diploma de bacharel nas áreas de:

d) Enfermagem;

Preenchimento do Questionário do Estudante

O Questionário do Estudante é um importante instrumento de coleta de informações
do Enade. Os resultados obtidos permitem coletar subsídios para a elaboração do perfil
socioeconômico dos estudantes e, ainda, para a construção de políticas de educação
superior relacionadas aos processos formativos em nível de graduação.
15
Por força da obrigatoriedade do preenchimento do Questionário do Estudante,
estabelecida pela Portaria Normativa nº 40, de 2007, republicada em 2010, o concluinte
selecionado para participar do Enade 2016 conhecerá a informação sobre seu local de prova
somente após terminar de responder todo o questionário; neste momento, poderá ser feita
a impressão do Cartão de Informação do Estudante. O concluinte que não responder ao
Questionário do Estudante ficará em situação irregular junto ao Enade.
O Questionário do Estudante estará acessível durante o período de 20 de outubro a
20 de novembro de 2016 e poderá ser respondido pelos concluintes dos cursos avaliados em
2016 exclusivamente por meio da página http://portal.inep.gov.br.

Das responsabilidades e atribuições do estudante

3.1) Acompanhamento de Inscrição
A Portaria Normativa nº 40, de 2007, republicada em 2010, imputa aos estudantes a
responsabilidade de verificar os dados da sua inscrição para o Enade 2016, que estarão
disponíveis para consulta pública no período de 12 a 21 de agosto de 2016, na página
http://portal.inep.gov.br.
Devem ser observados os seguintes dados: (I) identificação da IES e curso; (II) área
avaliada no Enade 2016 em que fará o Exame (área de abrangência); (III) localidade de
aplicação de prova; (IV) dados pessoais: nome, documento de identificação; (V) condição de
inscrição no Exame: ingressante ou concluinte; (VI) solicitações de atendimento especial.
Os estudantes que identificarem problemas em sua inscrição devem informar ao
setor responsável pelo Enade no seu curso e/ou instituição até o dia 21 de agosto de 2016, a
tempo de que sejam tomadas providências para alteração. Também cabe às IES auxiliar os
estudantes com informações sobre sua condição de habilitação ao Enade 2016 sobre o
processo de inscrição e identificação dos locais de realização da prova.

Preenchimento do Questionário do Estudante

O concluinte inscrito no Enade 2016 deverá responder ao Questionário do Estudante,
disponível na página http://portal.inep.gov.br no período de 20 de outubro a 20 de
novembro de 2016. Apenas após responder a este questionário o concluinte poderá
visualizar o ‘Cartão de Informações do Estudante’, que conterá todos os dados relacionados
ao local e horário de realização da prova.
É importante destacar que, nos termos do §1º do artigo 33-J da Portaria Normativa
nº 40, de 2007, republicada em 2010, a resposta ao Questionário do Estudante é
obrigatória a todos os concluintes habilitados para participação no Enade. Sendo assim, o
estudante que não responder ao questionário, assim como aquele que não cumprir as
demais exigências de participação na prova, ficará em situação irregular junto ao Enade.
Cabe ao estudante, portanto, verificar seu número de inscrição e preencher o questionário
com antecedência.
O preenchimento do Questionário do Estudante poderá ser acompanhado pela IES
sem, contudo, ser conduzido por ela.